Material entregue ao IEPHA ano 2017 – ICMS Cultural

Material entregue ao IEPHA ano 2017 – ICMS Cultural

CULTURA

Material entregue ao IEPHA ano 2017 – ICMS Cultural
Foram meses de dedicação e desenvolvimento das ações solicitadas pelo IEPHA – Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico, (fundação vinculada à Secretaria de Estado de Cultura), que atua no campo das políticas públicas de patrimônio cultural atuando na pesquisa e proteção e promoção dos bens culturais de natureza material e imaterial de Minas Gerais.
Equipe: Flávia Avelino, Dayane Reis, Pedro Silveira, Dinoherci Maravelli, Luciene A. L. Bressan.
Apoio Bruno Balista.
Abaixo segue as ações e registros desenvolvidos pelo Setor:
1 – APRESENTAÇÃO DO PLANO DE POLÍTICA MUNICIPAL DE PROTEÇÃO AO PATRIMÔNIO E OUTRAS AÇÕES.
 Organização e Apresentações de profissionais/técnicos – com formação superior.
 Cursos realizados pela equipe, (três cursos),
 Declarações,
 Vistorias e Visitas Técnicas,
 Obras de Conservação e Restauro ou Manutenção em Bens Protegidos,
 Relatório anual das atividades técnicas desenvolvidas pelo SEMPAC
 Apresentação da Legislação Urbanística referente à Proteção do Patrimônio Cultural,
 Legislação de Incentivo Tributário,
 Participação do Conselho De Proteção do Patrimônio Cultural,
 6ª jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais (total de oito apresentações em Monte Santo de Minas e Milagre),
 Apresentação das atas do Conselho.
2 – INVESTIMENTOS E DESPESAS FINANCEIRAS EM BENS CULTURAIS PROTEGIDOS
 Apresentação dos extratos bancários, movimentação da conta corrente, notas de empenho e notas fiscais,
 Investimentos realizados,
 Comprovante dos pagamentos,
 Declarações.
3 – INVENTÁRIO DE PROTEÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL
 Descritivo do trabalho entregue, abordando as dificuldades e soluções,
 Cronograma de atualização do inventário,
 Plano de ação desenvolvido pela equipe técnica responsável pelo inventário,
 Listagens dos bens culturais atualizados.
4 – LAUDOS TÉCNICOS DO ESTADO DE CONSERVAÇÃO DOS BENS MATERIAIS PROTEGIDOS, NA ESFERA MUNICIPAL.
Apresentação de laudos técnicos dos bens tombados pelo município:
 Escola Estadual Américo de Paiva,
 Cachoeira da Retífica,
 Imagem de São Francisco de Paula,
 Estação Ferroviária,
 Relatório do Estado de Conservação do Bem,
 Relatório Fotográfico,
 Visita Técnica.
5 – PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO PARA O PATRIMÔNIO
Relatórios da Implementação das Ações e Execução do Plano de Salvaguarda dos Bens Protegidos por Registro, na esfera municipal. Foram realizadas Palestras, Rodas de Conversa, Visita ao Bem Cultural e Curso de Formação e Capacitação.
SETOR DE PATRIMONIO CULTURAL
 Curso – equipe setor de obras.
 Curso- Conselheiro de Proteção ao Patrimônio Cultural de Monte Santo de Minas.
 Roda de Conversa – Membros da Associação Cultural de Monte Santo de Minas.
 Curso junto aos professores da rede publica de Monte Santo de Minas.
 Curso junto aos grupos de artistas Monte Santo de Minas.
ESCOLAS
Atividades relacionadas ao Projeto Mais Educação.
Apresentações e projetos contemplando o eixo temático:
 Patrimônio Cultural – Bens materiais e imateriais,
 Memoria
 Cultura
 Identidade
 Historia
LOCAIS DE MEMÓRIA COLETIVA
Garantia de acesso aos bens culturais ampliando o conhecimento sobre memoria coletiva.
 Visitas ao Museu Municipal (escolas e melhor idade),
 Visita a Biblioteca. (estudantes da rede pública).
6 – DIFUSÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL.
Divulgação durante o ano dos bens protegidos por tombamentos – inventariados e registrados.
 Imagem de São Francisco de Paula,
 Escola Estadual Américo de Paiva
 Encontro de Folia de Reis.
7 – RELATÓRIO DE IMPLEMENTAÇÃO DAS AÇÕES E EXECUÇÃO DO PLANO DE SALVAGUARDA DOS BENS PROTEGIDOS POR REGISTRO, NA ESFERA MUNICIPAL.

 Relatório de Permanência e Continuidade do Bem Cultural Imaterial CARNAVAL,
 Reuniões com a diretoria das escolas de samba, Prefeitura e Departamento Municipal de Cultura,
 Plano de ações para os próximos anos,
 Cronograma da execução do carnaval com relatório fotográfico, divulgação do evento, panfletos e mídias sociais.
 Relatório do desenvolvimento do desfile (alas, participantes, carros alegóricos, bateria etc ) e duração do evento,
 Preparação das Escolas de Samba (oficinas, ações beneficentes, compras, manutenção dos equipamentos),
 Realização de eventos festivos e parcerias,
 Diretrizes de valorização.

Deixe uma resposta