Reunião Feira Livre

Reunião Feira Livre

FEIRA-LIVRE

A reunião acontecida no dia 4 de outubro foi o primeiro passo de todo um planejamento desenvolvido para a regulamentação, informação e esclarecimento sobre a “feira livre”. Na reunião, além da lei, foi abordado temas como a implantação do (SIM) Serviço de Inspeção Municipal que será de grande valia para os feirantes e o matadouro municipal.
.
As exigências que a lei prevê é de extrema importância para a saúde, organização e crescimento sustentável da feira. Os departamentos que estão organizando a implantação têm todo um cronograma de informações para os feirantes e a Prefeitura está de portas abertas para sanar qualquer dúvida. A Prefeitura gostaria de frisar que a lei foi desenvolvida e modificada com os vereadores.
.
A reunião foi desenvolvida e regida pelos departamentos que tomam conta da regulação da “Feirinha” e a Professora Doutoranda Sonia Maria Bueno que Possui graduação em Medicina Veterinária pela Fundação de Ensino e Tecnologia de Alfenas (UNIFENAS) (1993); Especialização pela Universidade de Espírito Santo do Pinhal na área de Higiene e Inspeção de Produtos de Origem Animal e Vigilância Sanitária; Mestre em Ciência Animal pela UNIFENAS, foi quem explicou todos os perigos e doenças ocasionadas devido à má manipulação dos alimentos.
.
Para salientar melhor, foi citado o caso da bactéria que aterrorizou nossa cidade que até hoje foi catalogado em 4 cidades no mundo e Monte Santo de Minas está entre elas.
.
Foi solicitada uma explicação sobre o “MATADOURO”, que muito preocupa a administração pela parte sanitária, funcional e de viabilidade econômica. A especialista foi enfática em dizer que: no que tange a expertise dela, “tanto econômico e funcional é inviável para administração pública a abertura de um matadouro municipal.”
.
A Administração Pública tem como objetivo TRABALHAR EM FAVOR DO INTERESSE PÚBLICO E DOS DIREITOS E INTERESSES DOS CIDADÃOS QUE ADMINISTRA. Ou seja, nela estão duas atividades distintas como a superior de planejar e a inferior de executar. “Administrar significa não só prestar serviço, executá-lo como, igualmente, dirigir, governar, exercer a vontade com o objetivo de obter um resultado útil e que até, em sentido vulgar, administrar quer dizer traçar programa de ação e executá-lo” (DI PIETRO, 2010, p. 44).

Deixe uma resposta